Make your own free website on Tripod.com
VI Copa do Mundo da FIFA - 1958
Raymond Kopa
Home

kopa2.jpg

 
Raymond Kopaszewski, ou simplesmente Kopa, (Nœux-les-Mines, 13 de Outubro de 1931) é um ex-futebolista francês.
 
Companheiro de ataque de Just Fontaine na seleção, Raymond Kopa foi um dos responsáveis por tornar a então mediana equipe azul em uma das grandes forças da Europa pós-Segunda Guerra Mundial.

De família polonesa, Raymond Kopaszewski, ou simplesmente Kopa, trabalhou em minas no norte da França durante a juventude. Com apenas 10 anos, porém, seu talento para o futebol foi recompensado com a concessão da licença para jogar pela equipe da região, a Noeux-les-Mines.

Na seqüência, passou ainda pelo SCO Angers, clube que defendeu durante dois anos. Mas a grande oportunidade veio em 1949, quando o principal time do país na época, o Stade de Reims, o contratou. Em cinco anos no grupo, Kopa foi duas vezes campeão francês.

Sua principal característica era o drible, fato raro nos anos 50 para um jogador europeu. Além disso, dava bons passes e sabia fazer gols.

Em 1956, Kopa se transferiu para o Real Madrid, virando o primeiro craque francês "tipo exportação". Na Espanha, jogando ao lado de lendas do futebol mundial, como Di Stefano, Puskas e Santamaria, o atacante ampliou seu currículo com dois títulos do campeonato nacional, além de três da Copa dos Campeões da Europa.

A estréia pela seleção francesa aconteceu em outubro de 1952, quando Kopa ainda jogava pelo Stade. O debute aconteceu na vitória por 2 a 1 sobre a Alemanha Ocidental.

Kopa participou de dois Mundiais. Em 1954, na Suiça, os "Bleus" foram eliminados logo na primeira fase. Da experiência fracassada, no entanto, surgiu um belo time para a Copa seguinte, em 1958, na Suécia.

Os franceses terminaram o torneio na terceira posição. Perderam somente na semifinal para o Brasil, por 5 a 2. O atacante fez três gols na competição, que teve como destaque o companheiro de ataque, Just Fontaine, que balançou as redes 13 vezes.

No total, Raymond Kopa fez 45 jogos pela seleção, marcando 18 gols.

Volta à página principal